.:[Vistosetc.wordpress.com]:.


Poema das verdades
25, fevereiro, 2008, 10:06 am
Filed under: Poemas
O poema das verdades

Nem sempre “O dono do motel,
é quem vive de amor”.
Pois “Amor é só de mãe,
e paixão é só de Cristo”.
E “pior seria, se pior fosse”

Sabe-se que “Quem gosta de gozação,
Acaba levando gozada.”
Porque “O importante é o que importa”.
Além de “Quem nada fala,
em silêncio permanece”.

“Se tamanho fosse documento,
O elefante era dono do circo”.
Mas “Justo é o banheiro,
que faz o valente virar cagão,
e o covarde fazer força.”

“Quem oferece não quer dar”
E “Quem tem cú tem medo”
“Quem tudo quer, tudo deseja”
Enquanto “Berra a cabra, berra o bode”
E “A gente é que se fode”

Enquanto “A única verdade é a realidade”
E um “Cavalo morto é um animal sem vida”
“Urso que dorme vira tapete”
E assim “O nada não é nada porque se fosse nada,
a palavra nada nem existiria”

Arquétipo Diniz

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Poxa, adorei esse poema!!!
No começo achei muito metafórico e ao mesmo tempo descordei de algumas frases…mas ao ler mais abaixo percebi que as coisas não são do jeito que parecem ser…é mesmo “”a única verdade é a realidade” beijos!!!!

AMO O DONO DESSE POEMA!!!!!!

Comentário por Thaiz Lenna




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: